Fotografia Comportamento Pessoal Decoração

Eu me mudei, eu mudei


Estava pensando nesses últimos meses o quanto posso ter amadurecido. O verão foi embora. Consigo me lembrar perfeitamente o quão feliz era por ter a vista do meu pequeno apartamento, de frente para a praia. Como uma pessoa normal não á frequentava todos os dias, talvez não gostasse de verdade. Talvez fosse apenas um jeito de deixar minha vida menos monótona.
large
Confesso que não adiantou. Hoje percebo que tudo o que fiz ficou no passado. Sinto falta dos meus antigos amigos, os primeiros sabe? Sinto falta da minha professora, que deitava-me em seu colo para fazer meu choro cessar por saudades de minha mãe. Sinto falta até mesmo de minhas lágrimas, pedidos e desculpas por não ser boa o bastante. Sinto falta principalmente dos meus sonhos, lembro-me que a vida real é chata demais para ficar acordada o tempo todo.

Eu me mudei, eu mudei. No dia em que contei para minha melhor amiga que não viveria mais perto dela, foi como se nada fizesse sentido como antes. Prometi voltar a cada duas semana para visita-lá, me pergunto porque até hoje não consegui fazer isso. Será que é a falta de tempo? Ou medo de não ser como antigamente? De encontra-lá e ver que não sente tanto minha falta quanto sinto a dela? O medo, eu e meus medos.

Olho para a pequena tela do meu computador, tento achar as palavras certas para me descrever. Não quero que me achem deprimida. Muito menos uma pessoa sem amigos. Pelo contrário, hoje em dia sou cercada de pessoas. Convivo com gente me dizendo que tenho muito para viver, sem saber, que já vivi muito tempo. Não o suficiente, é claro. Nós humanos nunca estamos satisfeitos. Sempre queremos mais, isso que nos move.

Agora me despeço do passado, deixo com ele todas as mágoas já vividas e o peço que leve o que já não me interessa mais. Prometo apenas me levar á sério. Apesar de mais uma vez estar me perdendo em palavras sem nexo, palavras aleatórias. Mudando de assunto, sem avisar ou revidar. Como se minha vida fosse uma bagunça até aqui. Tudo bem, minha vida é uma bagunça em qualquer lugar.




16 comentários:

  1. Que texto lindo! Amei!
    Ainda bem que sempre queremos mais, é realmente o desejo que nos move e ele é fundamental em nossas vidas.
    Um beijooo

    http://dicasparatodas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Mari! Faço das suas palavras as minhas <3 Um beijo, moça.

      Excluir
  2. Bem bacana o texto, o importante é deixar o passado no passado.
    Beijos!

    Blog Pam Lepletier

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas, mas ás vezes é um pouco complicado né? Não é tão fácil quanto parece. Beijos!

      Excluir
  3. Oi Lilian! Sempre sentimos falta de algo, antes eu também era assim, até que um dia eu vi que isso só me deixava pra baixo, aí segui em frente, mudei e hoje me sinto a pessoa mais realizada do mundo.

    Bjs, rasgadojeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Samara! Que incrível! Tenho me sentido pra baixo, na bad esses últimos dias. Espero que eu consiga me livrar de tudo que me deixa triste e ir atrás dos meus sonhos <3 Quero me sentir assim também!

      Excluir
  4. Cara, que blog maravilhooooso! Tô apaixonada, sério ♥ estarei sempre por aqui agora. Um beijo! 48janeiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que lindaaaa!!!! Também sou apaixonada pelo seu blog <3 Obrigado meu amor! Beijossss

      Excluir
  5. Amadurecimento faz parte da vida mesmo Li, tão bom a gente descobre coisas novas sobre a gente, da saudade da uma vontade de voltar no tempo, encare isso como uma coisa boa!
    Beijos
    Cih | Nem Rock Nem Roll

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço pela dica, obrigado! De verdade! Beijos <3

      Excluir
  6. Respostas
    1. Ah, muito obrigado Dai! Fico feliz em saber ♥

      Excluir
  7. "No dia em que contei para minha melhor amiga que não viveria mais perto dela, foi como se nada fizesse sentido como antes" já tive que fazer isso três vezes na vida, e acredite a experiência anterior não tornou nenhuma delas mais fácil. Mas é assim mesmo... estamos mudando o tempo todo sem ter a menor noção se caminhamos para algo melhor ou pior. É assim que as coisas são. Só espero que suas mudanças sejam para o melhor possível Lilian.

    De qualquer forma continue escrevendo. Escrever nem sempre resolve mas pode apostar que ajuda.

    http://idealizandomeumundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa foi a minha primeira e espero que última. Não sou boa com textos, mas, como você mesmo disse, ajuda. Eu também espero que minhas mudanças sejam para melhor, nem que seja só um pouquinho... Obrigado pelo comentário, moça!

      Excluir
  8. Adorei o texto, me identifiquei muito. Sinto falta de tudo que já passou, e da minha vida que levei há um tempo! Nostalgia.. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Ma! Posso confessar uma coisa? Não sinto falta de tudo! Segredo. Beijos <3

      Excluir



© EI LILIAN é um blog pessoal. Qualquer cópia de conteúdo é crime.
Todos os direitos reservados | 12/12/2015.
Fotografias do slide por: Lia Matias.
Design e desenvolvimento por: